macrotrend | o fim da Globalização

E os millenials serão a ultima geração deste mood...

Não se espantem, é a pura verdade, se os fatos e sinais que estamos "contabilizando" pelo Zeitgeist mundial continuarem na mesma direção (abaixo um gráfico que demonstra o "fim das coisas"). Basta que você analise o dia a dia, como você mesmo está mudando seus comportamentos, de seus amigos próximos e de pessoas como você ao redor do mundo: Percebem como estamos "recrudescendo" nas nossas escolhas do dia dia? Como estamos "escolhendo" o que consumir - e como nos comportar com os recursos - de uma forma completamente nova? 

QUAIS OS SINAIS MAIS PRÓXIMOS DE NOS?

Do GLOBAL ao LOCAL è a maior característica, ou sinal, que estamos identificando neste caminho que nos guiará ao fim Globalização. Um exemplo, o dos mercadinhos de bairro, onde vemos o movimento por mais frutas locais, menos frutas importadas sinaliza de forma simples mas objetiva a ponta deste iceberg. E o fenômeno por um consumo consciente de moda claramente a km zero e não "Made in China"? Sem falar da dimensão estrondosa do fenômeno SLOW na Gastronomia que na base prefere o próprio território ao que vem "de fora". E nem vou entrar nas questões políticas com os movimentos Nacionalistas, Fora Estrangeiros e etc que abundam aqui na Europa e tem no seu denominador comum a mesma semente: o medo daquele que vem "de fora", o medo da abertura ao "desconhecido" que nada mais è do que uma reação negativa - a nível pessoal e instrumentalizada por grupos políticos das extremas - desta interação/troca com o mundo que chamamos de Globalização.

 

TUDO CHEGA AO SEU FIM OU SE TRANSFORMA: SÃO OS CICLOS DA HISTORIA!

Quase tudo aquilo que usamos todos os dias, da alimentação ao vestuário, passando pelos veículos e aparelhos eletrônicos, e se controlarmos, até os materiais que compõem as nossas casas, vem provavelmente de um país ou território externo ao nosso. Tudo isso facilitado pela abertura de fronteiras e pelo comércio internacional que diminuiu as distâncias. Este è o resultado do fato de que a humanidade passou os últimos 50 anos "globalizando", ou muitas vezes, homogeneizando tudo no maior exemplo de macdonaldizaçào que a História assistiu. Um ciclo histórico só comparável com a influência Greco-Romana, da Árabe dos Mouros (Muçulmanos) que conquistaram a Espanha ou ainda a Francesa da época de Napoleão! E que terá seu fim, ou transformação...como tudo, aliàs !

 

QUAIS AS CAUSAS POR TRÁS DESTA MUDANÇA EPOCAL?

A tecnologia, claramente, joga a favor neste mood, potencializando um processo que iniciou, dizem os historiadores, com a crise de 2008, e que muitos chamam de Peak Globalization (nasceu com este artigo de Harvard que li em 2010, sobre o qual recomendo a leitura). E eles identificaram 4 grandes "responsáveis" por esta grande "virada". Em ordem:

 

- Energia Renovável: no mundo da revolução industrial, passamos pelas fases do carvão, do gàs e chegamos na do petróleo. Porém, sabemos que esta reserva está para acabar em breve (indico este artigo de Vidal no The Guardian sobre o tema do fim do petróleo) e estamos assistindo diariamente, interessantes resultados da aplicação das energias da natureza, como o sol, vento, marés e etc na otimização de processos industriais e individuais (case TESLA). Não iremos mais depender de um "posto de gasolina" cujo petróleo no caso italiano vem da Arábia Saudita ou Líbia, ou seja, iremos ser independentes.

 

- Impressão 3D: se eu com uma impressora destas posso construir desde a pasta para meu almoço (case Barilla), atè a casa onde irei viver (case italiano de casas low cost) utilizando as matérias-primas que consigo comprar a km zero, porquê terei que depender de fábricas de alimentos ou empreiteiras que importam seus produtos?

 

- Realidade Virtual: A tecnologia das comunicações via Skype e correlatos nào reduziu a necessidade de viagens pois a videoconferência permite a troca de infos mas nào uma interação plena: nào posso "pegar" os documentos que mostro e "vè-los" com as minhas mãos (somos assim, precisamos de uma interação mais realística!). Assim, a tecnologia de realidade virtual e realidade aumentada prometem preencher esta lacuna através de dispositivos especiais e surpreendentemente realistas. O case de Pokémon Go é uma forma de realidade aumentada e se formos espertos poderemos pensar em algo com este conceito para otimizar nosso contato em longas distâncias.

 

- Agricultura Indoor: a ação mais simples de todas, representada pelas hortas em casa, nos edifícios comuns (case de alguns Chefs em Paris ) e nos terrenos cedidos pelas prefeituras, como aqui na Itália e em muitas cidades da Europa como Paris e Berlim. Se eu posso ter acesso ao alimento que vem deste tipo de plantação, porquê irei precisar comprar nas grandes cadeias de varejo?

 

A lista pode aumentar, e isso apenas irà otimizar o processo. Claramente nào será de hoje para amanhã - nenhuma macrotrend age desta forma - mas è um processo inexorável e que abrirá novas portas. Uma delas, a meu ver, è a revalorização das culturas locais com um consequente aumento da auto-estima destes povos, gerando também uma maior independência econômica. Um fato extremamente positivo, em tempos de americanização e europeização do mundo, nào acham?

Write a comment

Comments: 1
  • #1

    custom essay (Friday, 17 March 2017 11:54)

    You have an incredible writing skill. The article is exceptionally good and straightforward. This is precisely what I require. I have never thought the selection representatives give careful consideration in online networking like that.

STUDIO FAH MAIOLI - Milan & Antibes

MAIL | contact@fahmaioli.com

INSTA | fahmaioli

FACE | fahmaioli

LINKEDIN | fahmaioli

PINTEREST | fahmaioli