coolhunting | Silos Armani: espaço de Design, Arte, Moda e Arquitetura

O CoolhuntingFahMaioli em Milào hoje visita um espaço mìtico localizado em Via Bergognone, em uma espècie de distrito Armani, onde de um lado estào os escritòrios da marca, de outro o seu teatro projetado por Tadao Ando e de frente o recèm-inaugurado Silos Armani, onde era uma vez a sede da Nestlé. Local de Moda, onde està a vida criativa de Giorgio Armani certamente, mas de Design muito mais do que imaginamos, principalmente a quem busca inspiraçào criativa e referèncias històricas, de materiais inclusive, para seus novos projetos. Sem falar no complexo arquitetònico e nos detalhes de interior design, que sào de uma elegància luxuosa sem igual. Fui visitar especialmente para contar aqui no blog.

 

ARQUITETURA

Como construçào, ele apresenta uma Arquitetura sòbria e rigorosa, que se manifesta em 4 andares, com muros lisos e na cor preferida de Re Giorgio: o *greige. Construìdo em 1950 originalmente (aqui as coisas nào se destròem, se conservam e se reconstròem, fica a dica!) hospedava o depòsito italiano da Nestlé, precisamente um silo de armazenagem de cereais (daì que vem o nome). O intervento conservou externamente o curioso perfil alveolar do edifìcio enquanto que internamente oferece 4.500 m2 de espaços super aproveitados, que giram em torno de um grande vazio central. Alèm da mostra permamente temos um cafè, um gift shop e o arquivo digital na parte superior de frente a um pequeno cinema onde sào projetados incessantemente filmes onde a maison participou bem como spots publicitàrios.


O ùltimo andar foi o que mais me encantou pelo fato de ser totalmente voltado ao compartilhamento digital de toda a sua vida criativa. Vàrios computadores Mac que colocam a disposiçào o acervo do designer, incluindo moodboards e as suas escolhas de materiais e acabamentos.

 

Porquè a Moda, que parece viver em um eterno presente, tem a necessidade de refletir sobre si mesma e sobre as suas raìzes para projetar-se no futuro, acompanhando e muitas vezes antecipando as grande mudanças sociais. Recordar-se como fomos nos ajuda a entender quem poderemos ser“. Palavras de Giorgio Armani, na inauguraçào deste seu museu que nos explicam este gesto incrìvel.


Desenhos tècnicos, esboços, materiais de tudo que ele realizou em prêt-à-porter e alta moda nos workstation disponìveis.Desconheço outro lugar do mundo onde isso seja possìvel e entào, è um local profundamente interessante aos designers que estào em busca de inspiraçào.

 

MATERIAIS

Paredes e pisos em cimento, na tonalidade ‘greige‘ (*cinza + bege, que è a Cor Armani), tetos escuros, estruturas de serviço sempre à vista (tubulaçòes), uma bela fachada de vidro (imagem da abertura) que està na parte da frente e atràs. Madeira em tons sòbrios, sempre com acabamento natural, estofados em tecidos claros e almofadas escuras, luzes que destacam os perfis do mobiliàrio…tudo em chave muito minimal.Na parte expositiva vemos 600 vestidos e mais de 200 acessòrios da coleçào Armani de 1980 atè hoje, escolhidas a dedo por ele. Vàrios percursos: iniciando com ‘Daywear’ mas que nào apresenta uma estrutura cronològica, misturando vàrias èpocas onde o fil rouge è a inspiraçào do momento.O famoso completo usado por Richard Gere no filme que lançou Armani no mercado mundial em American Gigolo (1980) està presente – e acreditem, è emocionante vè-lo de perto! – e aqui chama a atençào o design dos manequins: foram todos feitos sob medida para cada vestido. Sem palavras.

 

O tema ‘Esotismi‘ è abordado com bordados em profusào, com fonte no Oriente que ele tanto ama, com cores que vào do verde, azul, atè o vermelho e rosa, com decoraçòes florais e tantos còdigos tradicionais que ele admira e insere na sua moda. Vestidos como caffetani, sarong e tùnicas pakistane. Tem a seçào ‘Cromatismi‘, onde nos ensina que o preto nào è uma cor chata mas sim, cheia de esfumaturas: brilhante, opaco, lisa, trabalhada… E no terceiro andar, chamado de ‘Luce‘ desfilam vestidos etèreos e atravessados pela luz, uma espècie de vestidos joalheria…onde a mào dos artesàos sinceramente passou muito tempo e, a isso, agradecemos.

 

Uma visita que vale a pena fazer, e que eu absolutamente recomendo na pròxima vez que vocè estiver de passagem por Milào.

Write a comment

Comments: 0

STUDIO FAH MAIOLI - Milan & Antibes

MAIL | contact@fahmaioli.com

INSTA | fahmaioli

FACE | fahmaioli

LINKEDIN | fahmaioli

PINTEREST | fahmaioli